30 junho 2014

[SÉRIE] O Que Eu Acho?

 Olá gatinhos e gatinhas! Tudo bem com vocês? Comigo está tudo na mesma! Hoje eu irei começar com a série "O Que Eu Acho?". Eu trarei um tema um pouco (muito) polemico hoje em dia, que é sobre a literatura erótica. Eu não sei muito sobre ela, mas já li alguns livros desse tema. Então porque não falar sobre isso?
 Então eu fiz uma pesquisa para ficar um pouco mais complexo o conteúdo do texto.
 Prontos? "Bora" lá então!


 A literatura erótica é um gênero literário que utiliza o erotismo em forma escrita para mostrar ao leitores as práticas sexuais. Mas se há cenas muito explícitas, então será chamada de literatura pornográfica.
 Em sua grande parte de livros, utiliza-se o gênero literário romance, embora os clássicos desse tipo de literatura são em forma poesias e os contos.

 A Pornografia é pura e simplesmente uma descrição dos prazeres carnais; o erotismo é a mesma descrição revalorizada, com base em um ideal de amor ou da vida social. Tudo o que é erótico é também necessariamente pornográfico. É mais importante fazer a distinção entre o erótico e o obsceno. Neste caso, considera-se que o erotismo é algo que torna a carne desejável, a mostra em seu esplendor e florescimento, inspira uma sensação de saúde, beleza e prazer, enquanto que a obscenidade desvaloriza a carne, que é associada com sujeira, imperfeições e palavras sujas. (Alexandrian)

 O erotismo e o sexo estão associados a sociedade e a cultura humana desde da antiguidade, e a literatura não foi uma exceção, apesar de as vezes tenha sido muitas vezes submetido à censura por ser considerado um tema reprovável e pecaminoso. Mas mesmo assim, são frequentes as referências a sexo ou passagens eróticas em varias obras.
 Pode se dizer, que o erotismo existe desde a Idade Média, mas claro que de uma forma diferente. Mas hoje em dia isso acontece com mais frequência, desde obras literárias até músicas de funk.
 Em 2011, foi a explosão do romance erótico da E.L.James, que se chama Cinquenta Tons de Cinza, que na verdade é uma trilogia. E no total, passou de 40 milhões de exemplares vendidos em 37 países, ultrapassando Harry Potter e O Código da Vinci, no Reino Unido. Entretanto, o site oficinal no Brasil, ao anunciar os 30 milhões de em dez semanas para Cinquenta Tons de Cinza, não especifica se o numero é de um livro só ou da trilogia.
 Mas se você pensa que acaba ai. Não! Existe vários outros tipos de romance erótico, ou até mesmo só literatura erótica. Só que seu eu for listar todos aqui, ficarei boa parte do post só listando.

 ----------------------------------------------------------------------------------------------------------

 Depois de muita enrolação dando uma pequena introdução no post, chegou a parte do: O Que Eu Acho?

 Sinceramente? Eu acho que a literatura erótica é igual a todas! Pois nem todos os tipos de literatura agrada a todo. Do mesmo jeito que eu gosto desse tipo de literatura, eu odeio os clássicos da literatura. 
 Todos tem opinião diferente! O que você gosta, eu provavelmente posso não gostar. Do mesmo jeito você! 
 Para mim não existe tópicos literários que define o gênero, pois, pode existir livro de um gênero que eu goste e um livro do mesmo gênero que eu não goste. Então para mim existe livros que eu goste e livros que eu não goste.
 Que nem a literatura erótica, eu amo 50 tons de cinza, mas eu não consegui ler mais nenhum livro que tenha o mesmo gênero depois que eu li a trilogia. Não que eu não tentei, mas eu não achei nenhum que me agrade. Leio até um pedaço e depois deixo ele de canto. E por causa disso, eu não titulo meus livros e meus gosto por gêneros.

 ----------------------------------------------------------------------------------------------------------

 Mas se você que está lendo isso, não concordar comigo deixe um comentário deixando sua opinião!
 Até a próxima!





Nenhum comentário:

Postar um comentário